segunda-feira, outubro 15, 2007

Israel e o meio ambiente

No dia de hoje, 15 de outubro, é a data conhecida como Blog Action Day. Nesta data vários blogueiros ao redor do mundo se unirão para falar sobre um tema em seus blogs. O tema deste ano é meio ambiente ( Environment ). Encontrei essa notícia no Slashdot.

Aproveito para unir o assunto ambiental com o tema de Israel.

Israel é um dos países mais avançados também no assunto meio ambiente. O governo israelense investe somas consideráveis na pesquisa ambiental. Exemplos do pioneirnismo israelense: a irrigação por gotas, dessalinização de águas, uso da energia solar, uso de controles biológicos em vez de químicos nas fazendas.

Além disso Israel é um dos países que mais trata de seu lixo. Em torno de 85% do lixo de Israel é tratado de uma forma amigável ao meio ambiente, em comparação com apenas 10% há dez anos atrás.

As costas marítimas israelenses no Mediterrâneo e no Mar Vermelho são das mais protegidas em todo o mundo. Israel possui um grande centro de controle e vigilância da poluição marítima e está instalando um sistema de vigilância computadorizado mais eficaz para capturar dados acerca de toda a costa.

Em relação à qualidade do ar, o Estado de Israel voluntariamente decidiu restringir e reduzir o nível de emissão de poluentes na atmosfera. Além disso uma série de medidas foram adotadas para reduzir a emissão de gases de veículos motores.

Israel possui em torno de 27.000 quilometros quadrados. Destes em torno de 3.500 já são áreas protegidas (esse número chegará em breve a 6000 quiloometros quadrados) constituídos em 142 reservas naturais e 44 parques nacionais. Uma proporção enorme de áreas preservadas em comparação com o pequeno tamanho do país.

Resumindo: Israel é mais uma vez um pioneiro e um exemplo a ser seguido, também no campo de proteção ao meio ambiente. Maiores informações podem ser encontradas no site do Ministério das Relações Exteriores de Israel e no site do Ministério do Meio Ambiente de Israel.

0 Comentários:

Postar um comentário

Links para este artigo:

Criar um link

<< Home